Quando a pintura serve o design


Hoje queremos começar com inspiração vinda ali das ruas de Paris. Sim, ainda temos Paris como assunto de um post mas, desta vez, não vamos falar da viagem e da cidade, e sim de um dos hábitos mais giros que por lá vimos, o de pintar letreiros, montras e fachadas à mão. 



Por cá vemos muito plástico, vinil e outros materiais, por lá vemos muitos pintores e letras bonitas desenhadas à mão. E é tão giro vê-los a trabalhar e apreciar estas cores que temos mesmo pena que por cá isto não seja também uma coisa mais comum. 
Nota-se que as coisas têm um ar mais tosco, as letras não têm medidas perfeitas, mas o trabalho fica igualmente legível e com outro encanto que um corte a laser não consegue dar.




Os logotipos são pintados à mão, e podemos encontrar este tipo de técnica tanto numa galeria de arte como numa loja de chaves. Com ela o edifício e a imagem gráfica encontram-se de outra forma e tudo parece-nos fazer parte do mesmo e a harmonia é muito maior. 




Adorávamos ver o nosso Porto com mais pinturas e ver esta profissão voltar em força aos nossos dias. Se um dia tivermos a sorte de abrir um espaço nosso vão ver-nos a subir andaimes de certeza!

Esperamos que o vosso fim-de-semana tenha sido bom. Uma óptima semana para todos :)

4 comentários:

  1. Todos tão bonitos! Adoro!! xx

    lenaspetals.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Acho isso maravilhoso, um trabalho delicado e muito bonito.
    Precisamos mais disso em todos os cantos, além de valorizar o trabalho dos artistas dá um toque único e especial aos lugares.

    ResponderEliminar
  3. Exemplos maravilhosos que vcs nos mostram. Um trabalho que realmente traz um charme à fachada da loja, que o "pré fabricado" nem de longe consegue! obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar